NOTÍCIAS
23.08.2013
Ecomotion Pró
Esse ano o Ecomotion Pró voltou a fazer parte do calendário mundial de corridas de Aventura ARWS, o que trouxe muitas das melhores equipes do mundo para competir no Brasil!
A equipe Papaventuras participou nos dia 08 a 18 de agosto da 10ª edição do Ecomotion Pró, uma prova expedicionária, sem apoio e non stop (sem paradas) onde as equipes são auto suficientes com relação a comida e montagem das bikes e equipamentos, com 630 km de percurso, entre corrida, costeira, cavernas, remo, bike e muita orientação...Esse ano o Ecomotion Pró voltou a fazer parte do calendário mundial de corridas de Aventura ARWS, o que trouxe muitas das melhores equipes do mundo para competir no Brasil. A prova teve sua largada nas lindas praias de Itacaré e com a chegada no Transamérica Resort na ilha de Comandatuba ao sul da Bahia.

Foi uma prova dura, o clima quente e úmido foi o nosso maior adversário, pois agosto é o mês das chuvas na região e com isso andamos a maior parte do tempo molhados e com caminhos enlameados de um tal de “massapê” uma espécie de barro cola, que gruda e não solta mais dos calçados e rodas das bikes, todas essas adversidades exigiram dos atletas muita dedicação e força de vontade para progredir na competição, mas também tivemos muitas belezas e visuais únicos.

Largamos com uma canoagem rápida de 4 km na praia da Coroinha em Itacaré/BA, para em seguida seguir por um longo trecho (76 km) de costeiras e lindas praias intocadas, nesse ponto foi determinante a conservação dos pés, pois o terreno acidentado das costeiras misturado a agua salgada do mar e areia são culminantes na formação de bolhas. Passamos esse trecho com os pés parcialmente intactos e entre as 10 primeiras equipes, seguindo agora em direção à lagoa Encantada, onde aconteceu a natação, foram 3,4 km de natação até o inicio da canoagem. Remamos por 36 km até o centro histórico de Ilhéus, onde foi realizado uma pista de orientação visitando os principais pontos turísticos do local, após seguimos remando por mais 11 km até chegar nas caixas de bike na localidade de Rio do Engenho. Montamos as magrelas e seguimos para uma bike de 74 km sob uma chuva torrencial, com direito a muitos tombos e risadas...Deixamos as bikes e saímos para um trekking de 74 km na Serra das Lontras, esse que segundo a organização seria o trecho mais difícil da prova, e realmente eles não estavam enganados...foi duro... e de uma navegação técnica e exigente. Mas como todo bom navegador, gostamos de ser desafiados e encarramos mais esse com muita atenção e dedicação..., acertamos e achamos a saída, também trouxemos junto mais umas 4 ou 5 equipes que estavam perdidos na Serra há muitas horas. Com esse atraso na serra chegamos tarde ao ponto de corte e fomos de trekking para a cidade de Santa Luzia, onde conhecemos a Gruta do Lapão, uma caverna linda e enorme, de onde saímos por uma Ascenção de 60 metros, imagens que ficarão marcadas para o resto de nossas vidas em nossa memória. Saímos da Gruta do Lapão para mais um longo trekking de 36 km, sempre acompanhados de muita chuva, nesse ponto da prova os nossos pés já estavam reclamando muito e acumulando bolhas uma em cima da outra...foi um trecho lento e dolorido. Mas seguimos firmes até chegar às margens do Rio Pardo, local de inicio da canoagem em aguas brancas, foram 50 km de canoagem com muitas corredeiras pelo caminho, o que ajudou a espantar um pouco do sono que já se fazia uma constante, pois até esse momento dormimos muito pouco, cerca de 8 horas em 5 dias de prova. Ao final da canoagem, seguimos cortados de bike diretos para cidade de Canavieiras, cerca de 60 km por estradas de terra e asfalto. Em Canavieiras, pagamos mais uma hora de sono pendente e retornamos pelo asfalto de bike até a chegada, foram mais 60 km debaixo de muita chuva. Nesse trecho ainda tivemos um acidente em que a Rose caiu num buraco no asfalto e machucou o joelho, mas nada que impedisse uma chegada emocionante.

Enfim chegamos a Comandatuba, após 140 horas de prova em 06 dias e na 12ª colocação, muito emocionados por conseguir provar a si mesmos que tudo é possível e vale muito a pena... basta querer e acreditar...emoções compartilhadas com amigos, companheiros de equipe, familiares e que serão levadas para toda a vida! E que venha o próximo desafio, afinal nós vivemos de emoções!!

Confira todas as fotos
Fonte:Papaventuras
Newsletter
Receba em seu e-mail
as novidades da
Equipe Papaventuras
Nome
E-mail